8 poses de sexo maluco que você mal tentou

8 poses de sexo maluco que você mal tentou

8 poses de sexo maluco que você mal tentou

Se você tem certeza de que experimentou quase tudo, tente estas opções.

1. Ginástica 69

Uma mulher deita em uma cama com a cabeça na borda e joga as pernas atrás da cabeça – dobra ao meio. O parceiro fica na beira da cama.

Característica: uma mulher deve ser muito flexível. Pelo menos habilidades de ioga mínimas ajudarão . Ambos os parceiros obtêm acesso a muitas zonas erógenas um do outro.

Variação

 

Um homem está sentado no chão, as pernas esticadas. A mulher vira as costas para ele e fica dobrada ao meio.

Característica: além da flexibilidade necessária, o parceiro precisa monitorar sua condição para que sua cabeça não rode. Mas sensações incomuns são garantidas.

2. O oposto

 

Um homem se ajoelha de costas para a garota. Ela deita entre as pernas dele e joga as pernas nos ombros. Ele entra em um ângulo oposto da posição missionária.

Característica: o ângulo incomum de penetração proporciona uma nova sensação vívida.

Variação

 

Um homem está de pé nos cotovelos, de costas para o parceiro e estica as pernas ao longo dela. Uma mulher joga as pernas sobre os ombros dele.

Característica: o ângulo de entrada é aproximadamente o mesmo da versão anterior. Mas essa pose é menos extrema e mais calma. Mover-se com uma grande amplitude não funcionará.

3. O saldo

 

Você precisa começar na postura de um estilo cachorrinho, na forma em que os dois parceiros estão de joelhos. Uma mulher repousa as mãos no chão, um homem a entra por trás. Então ele agarra os braços dela e os arranca do chão. O parceiro abraça o pescoço e, assim, mantém o equilíbrio.

Característica: um homem pode acariciar quase todo o corpo de um parceiro. Essa postura é difícil para quem tem uma grande diferença de altura, embora nada seja impossível.

Leia também:  Zonas erógenas: aquelas zonas que fazem o bem

4. Colher reta

Um homem está deitado de costas, uma mulher está deitada de costas. Ele entra nela por trás.

Essa pose tem três opções:

1. A mulher descansa os pés na cama e o parceiro dobra as pernas nos joelhos. Nesse caso, ambos podem se mover.

 

2. Uma mulher dobra os joelhos e a pressiona contra ela. Todos os movimentos são feitos pelo parceiro.

 

3. Uma mulher dobra os joelhos e os coloca ao longo do corpo do homem. Ambos os parceiros estão se movendo.

 

Característica: um homem pode acariciar o peito e o clitóris de seu parceiro. Essa pose é adequada para casais em que a mulher é pequena ou significativamente mais alta que o homem.

5. Anti-missionário

O homem está deitado de costas, abre as pernas para os lados. Uma mulher é colocada em cima, de frente para ele, entre as pernas. Nesta posição, o parceiro é mais ativo: controla a amplitude dos movimentos e a profundidade da entrada, acaricia o homem.

Característica: a pose em que os parceiros, de fato, trocam de papéis, é muito emocionante.

6. Cachoeira

Nesta posição, o principal é escolher uma cama de altura adequada. Um homem se deita para que a cabeça e os ombros caiam no chão, e os quadris caem na cama (daí o nome “cachoeira”). Uma mulher senta-se na posição de cavaleira, descansa os pés na beira da cama e com as mãos – nos quadris de um homem.

Característica: o principal é que o homem se sinta confortável – nessa posição, o pescoço ou a região lombar pode ficar doente. Sob as pernas para maior estabilidade, você pode colocar um rolo no cobertor.

7. torre de água

 

Esta é uma opção para os especialmente treinados. Uma mulher se torna uma “bétula”: levanta as pernas e apóia as mãos no chão. Um homem “senta” em cima dela.

Característica: o parceiro nesta pose precisa ser especialmente cuidadoso e calcular esforços para não danificar o pescoço da mulher. Uma “torre de água” bem construída contribui para uma penetração muito profunda.

8. Carrinho de mão

 

Leia também:  Como aumentar a testosterona

Lembra-se de que, nas aulas de educação física, você se dividia em pares e retratava “carros” enquanto se movia pela academia? Essa pose se assemelha a esse exercício.

Uma mulher fica de costas para o parceiro, apóia-se com as mãos no chão e agarra as pernas ao redor da cintura ou sob as nádegas. Ele entra nela de pé por trás.

Característica: se o parceiro tiver mãos fracas, ele não durará muito tempo nessa posição.

E acima de tudo experimente zyndrox.